Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vida de Sonho

Todos os dias temos uma decisão a tomar: o que vou fazer com a minha vida? Por aqui registo reflexões sobre essa guerra.



Sexta-feira, 29.01.16

Daily journal - 29/01/2016

Visita rápida ao diário após mais um jantar 4HM, ontem. O meu hobbie conheceu um novo espisódio no seu percurso, sempre muito agradável. É o meu momento de lazer mensal, um evento com significado, onde hobbie e amizade se juntam e tudo está bem, tudo bate certo. Que bom ter este momento na minha vida.

Continuo muito focado na área profissional, é o meu grande desafio para 2016. Começo a enfrentar as coisas de forma mais realista e objetiva. A minha visão da vida profissional era ingénua, egocêntrica, com excesso de ego. Agora, começo a perceber melhor como o trabalho é importante para mim, como tornar real o meu potencial, contribuir e evoluir são aspetos fundamentais para o meu bem estar interior. Neste momento, ser um profissional de alto nível e obter rendimentos para proporcionar uma vida materialmente confortável para a família são prioridades. O meu ego ainda sonha com cargo ou estatuto de responsabilidade, mas o meu interior nem tanto. Penso que será uma questão de tempo até ter subconsciente e ego alinhados.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:40

Terça-feira, 26.01.16

Daily journal - 26/01/2016

O primeiro mês do ano está a terminar e já tenho mudanças em curso para caminhar no sentido dos objetivos de 2016. É muito bom já ter ideias e algumas ações implementadas, porque quanto mais cedo entrar no ritmo e estabelecer rotinas, mais cedo a dinâmica acontece e aumentam as probabilidades de sucesso.

Tenho utilizado táticas da área do desenvolvimento pessoal - coisas de Robin Sharma, Jack Canfield ou Tony Robbins - que têm ajudado muito. Na verdade, ter uma ação orientada, focada, precisa, origina resultados muito melhores do que ideias vagas, desejos, orientações gerais. É inegável.

O principal desafio é na área profissional, este ano há que subir a parada, passar em definitivo para a criação de valor: implementar os controlos automáticos, transmitir os mapas para o GACT e defender a rentabilidade, a lealdade na concorrência interna e o cumprimento da estratégia da empresa. Criar valor com a colaboração no acompanhamento do cumprimento da políticas comerciais da empresa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:45

Terça-feira, 19.01.16

Daily journal 19/01/2016

Hoje, em viagem de comboio para Lisboa, tenho mais tempo para pensar no meu ano de 2016. Os objetivos estão definidos, a hora é de trabalhar para os concretizar.

O trabalho é uma das minhas maiores preocupações este ano. Ainda estou desenquadrado na minha vida profissional, mas o meu trabalho espiritual vai ajudar-me muito a desatar esse nó. Por agora, o objetivo é evoluir em termos mentais e de performance e construir o tipo de profissional que quero ser. Preciso melhorar produtividade, focar nas prioridades e acrescentar valor. Está tudo nas minhas mão e as condições para fazer um grande trabalho estão reunidas: depende de mim, permite aprofundar os temas, estimula a criatividade. A minha vontade, a minha mindset, o meu empenho, farão a diferença.

Por outro lado, este ano será de viragem na gestão financeira. A preparação do longo prazo já devia ter começado, mas mais vale tarde do que nunca. Este é o ano em que começamos a poupar 10% do nosso rendimento líquido para o longo prazo e, no meu sonho, para a independência financeira das próximas gerações. Se eu começar e a minha descendência continuar, os meus eventuais netos poderão não necessitar de trabalhar e terão condições para viver a vida como quiserem.

Também vou começar a meditar. No final do ano passado percebi que a felicidade acontece quando as nossas ações estão alinhadas com o nosso interior, quando corpo, mente e espírito estão a caminhar no mesmo sentido. O nosso crescimento é feito num ambiente social, portanto, o que "pensamos" é o que a sociedade nos hipnotiza desde que nascemos. Mas chega o momento em que necessitamos viver de acordo com o nosso interior e para isso a meditação é um apoio fundamental. O meu sonho é estar em harmonia comigo, os outros, o mundo e a vida.

Vou também investir no hobby da desgustação de vinho e iniciar a formação da Wine and Spirits Education Trust. É uma certificação reconhecida a nível internacional, por isso, é a formação que interessa.

Ajudar o próximo, dar, é outro passo importante, portanto, o apoio a familiares com necessidades será outro grande passo em 2016.

Os desafios são grandes (como têm que ser), a visão está lá, agora mãos à obra, porque só a ação pode tornar a visão realidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:10

Segunda-feira, 18.01.16

Daily journal 18/01/2016

O ano está a começar, já tenho os objetivos no one page plan e estou a trabalhar neles. Não brinquei em serviço este ano e estou a colocar a fasquia bem alta. Talvez por isso esteja numa fase inconstante, em que a distância a que me encontro do que quero me afeta em termos psicológicos e não sinto aquela força interior para fazer o que tem que ser feito. Por outro lado, devo reconhecer a evolução e perceber que o importante é continuar. Continuar, persistir, não parar, nunca desistir.

Entretanto, a bolsa está a correr mal e já começo a pensar em rever o meu posicionamento no mercado. Ainda é cedo para isso, mas devo reconhecer que me falta trabalhar melhor a base, controlar a ganância e a ilusão de que percebo alguma coisa do assunto. Este tema está em cima da mesa para profunda reflexão e devido enquadramento.

Entretanto, algumas coisas ficam mais claras. Percebo que o meu interior apenas pretende duas coisas essenciais: ser uma boa passoa e um excelente pai. De facto, andei a complicar muito as coisas com as partidas do ego e a visão social da vida. Hora de simplificar, focar e ser feliz.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 08:38

Quinta-feira, 07.01.16

Daily journal - 07/01/2016

Depois de um ano de evolução, em que estiquei até ao limite da zona de conforto e o ultrapassei em algumas áreas, 2016 mostra-se muito desafiante.

Os maiores desafios estão na área profissional. Mudança de funções, maior especialização, período de transição e efetivo rompimento da zona de conforto. Este ano, para evoluir, preciso de mais coragem, mais força, mais determinação. Necessito desligar de modelos, formas de pensar e atuar antigas. É nesta área em que o meu potencial está menos explorado, onde estive mais cego nos últmos anos, ao descartar a necessidade de me superar permanentemente e acomodei-me numa área de conforto ilusório. Lembro-me muito bem de uma ideia de Robin Sharma "disrupt or be disrupted". Aconteceu comigo no ano passado. Fui disrupted por uma reestruturação na empresa. Não foi nada mau para mim, mas foi mais uma demonstração que de um dia para o outro as coisas mudam.

Outro desafio maior é enfrentar os meus medos, mais uma vez muito centrados na área profissional. O receio de mudar, trocar esta ilusória estabilidade pela incerteza quanto a trabalho e dinheiro que necessito para a família é muito profundo em mim. Se quero evoluir na vida tenho que trabalhar este sentimento e abrir-me para o mundo.

A minha vantagem é que o identifiquei, chamei-o pelo nome e, portanto, estou em condições de o combater. E, sem dúvida, vou fazê-lo.

2016, desafiante, difícil, mas com tanto para me dar, tanto para ganhar... E tanto nas minhas mãos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:53


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.