Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de Sonho

Todos os dias temos uma decisão a tomar: o que vou fazer com a minha vida? Por aqui registo reflexões sobre essa guerra.

Vida de Sonho

15
Mar16

Daily journal - 15/03/2016

Vida de sonho

Ontem terminei mais um livro, Performance Breakthrough. Um livro relativamente pequeno (150 páginas) de leitura muito agradável e cheio de conteúdo. Uma fórmula de sucesso, sem dúvida. Mais boas ideias, novas janelas que se abrem para ver e conhecer o mundo. Inciar ou concluir um livro é sempre um momento especial para mim.

Nestes dias tive outra idea na minha gestão financeira imediata. Já tenho um plano para acumular poupanças a longo prazo (10% do rendimento é intocável). Agora é tempo de pensar num momento em que as finanças domésticas apertam de forma considerável: quando os filhos vão para a faculdade. Não sei se irão, mas vou tratar de me precaver. Necessito criar uma conta específica para o efeito, para qual se transfere algum dinheiro ao longo do ano. Estou mesmo a pensar num esquema de gestão mais apertado. Tenho uma referência dos rendimentos e despesas mensais. A partir daí, defino um valor que dê para 3 ou 4 meses de despesas na conta poupança associada à conta à ordem e o excesso é poupança. Com o tempo, posso destinar dinheiro para poupanças, educação, livros, etc... Gestão do dinheiro é fundamental para o colocarmos ao nosso serviço e não sermos nós os seus escravos.

O meu sonho é liberdade, para tal necessito independência financeira, para tal necessito ganhar e gerir bem o dinheiro. Depois de ter um esquema montado tudo fica mais simples.

 

14
Mar16

Daily journal - 14/03/2016

Vida de sonho

Hoje o dia iniciou atribulado. Noite mal dormida, criança doente, preparativos matinais atrasados, enfim, a semana arrancou com contratempos. Faz parte, não é? Todo este esforço tem um perigo: perfecionismo. Quando nos envolvemos numa visão e procuramos um caminho de excelência para lá chegar não será nada complicado que nos deixemos afetar por alguns precalços. É verdade, passos como reconhecer a evolução e festejar progressos são fundamentais para nos manter no caminho sem desanimar. O caminho é árduo e vai colocar-nos uma coleção de obstáculos bem generosa, daí a necessidade de uma visão clara e toda a persistência que nos leva a ultrapassar os obstáculos até atingirmos o nosso fim.

A semana mostra-se desafiante, há que enfrentar esses desafio com garra, fazer o que tem que ser feito e acreditar. Acreditar que passo a passo construimos o nosso futuro, percorremos o nosso caminho e que vamos lá chegar. O empenho leva-nos lá. Ter a visão, acreditar e fazer o que tem que ser feito, esta é a fórmula.

11
Mar16

Daily journal - 11/03/2016

Vida de sonho

Hoje de manhã aconteceu algo curioso. Estava a sair de casa e despedi-me com um até logo, vou trabalhar. Nada de especial, uma saudação perfeitamente correta  e certamente muito comum.

Mas após dizer essas palavras, não gostei da sensação. Veio aquela sensação de começar o dia, ir trabalhar, "ganhar a vida" para a família e voltar no final do dia. Pois não devia ser assim, não é assim que quero viver. Devia sair de casa a dizer: vou continuar ali, vou-me divertir, vou crescer, vou desenvolver-me, vou viver outro capítulo da minha vida. Não gostei dessa imagem mecânica, tradicional, de ir trabalhar durante umas horas até chegar o tempo de regressar.

Nós estamos temporariamente neste mundo. A grande questão é: o que quero fazer durante o tempo em que estou cá? Como quero viver a minha vida? Como quero passar os meus dias?

10
Mar16

Daily journal - 10/03/2016

Vida de sonho

Hoje apatece-me falar de meditação. Foi algo que iniciei este ano e estou a constatar que já fiz muitas vezes de forma não intencional. Estou a detetar diversas semelhanças com as viagens de metro em que fechava os olhos para dormir uma sesta e não adormecia, ficava a navegar nos meus pensamentos. Bem, estou a ver agora que há sensações semelhantes na meditação. Mas não é sobre isto que quero escrever.

Tenho aproveitado a hora de almoço para meditar. A pausa prevista é de uma hora, almoço em meia-hora e reservo o tempo restante para meditar. Não sei quando tempo passou, mas terei iniciado em meados de janeiro ou inícios de fevereiro. Já sinto alguns efeitos associados à meditação: serenidade, equilíbrio, bem estar. Em conjunto com outras ações, como planeamento, este diário, exercício, alimentação, etc... sinto-me mais focado, concentrado nas ações que necessito desenvolver para avançar com a minha vida. Não só isso, mas também mais creativo, inspirado. O fluxo de ideias está a aumentar e a minha abertura para pensar e atuar sobre elas também.

Ontem fui surpreendido. Durante a meditação, senti uma pequena pressão no centro da testa. É justamente no local onde se localiza a glândula pineal, conhecida como terceiro olho, cujo crescimento resultante da metidação provacaria esta sensação. Vamos ver se continua. Para já surpreendeu-me, porque não esperava que reagisse tão cedo. Se é que se trata disso...

Independentemente dessa satisfação, meditar tem sido uma boa ajuda para o meu equilíbrio interior e clarificação da minha visão da vida.

 

 

09
Mar16

Daily journal - 09/03/2016

Vida de sonho

Os inícios de dia desta semana estão a correr muito bem. Levantar cedo, fazer o exercício, planear o dia, tratar dos temas da casa, sair a horas e escrever no meu diário enquanto tomo o meu café matinal. Os meus dias começam muito bem. Aqui está uma bela forma de começar a entrada de hoje.

Ontem fiz algo inédito: saí mais cedo do trabalho para estudar com a minha filha. Sim, é assim que tem que ser. A minha ideia, o meu sonho de paternidade passa por isso. Orientar, ajudar, apoiar e ao mesmo tempo passar tempo de qualidade, reforçar laços. Hoje repete-se, porque o teste é amanhã. Estou muito feliz por esta decisão.

O desafio profissional continua. Fiz uma alteração à gestão de mails que está a resultar em pleno. Os mails têm 3 destinos: se forem para conhecimento, leio e guardo; se forem de resposta rápida, respondo; se a resposta for mais complexa, transformo-os numa tarefa e agendo-os. Assim, ao transformar mails em tarefas, o mail é apenas uma forma de comunicação e não uma tarefa em si mesmo. Esta técnica é excelente e aprendi-a com um tio. Nada como partilhar conhecimento para todos enriquecermos. Falta-me recuperar o tema da informação mensal, para que a consiga normalizar e rever a minha organização no sentido de agir com mais agressividade, para maior criação de valor.

 

08
Mar16

Daily journal - 08/03/2016

Vida de sonho

Há mais de um ano e meio que contactei com o meu "amigo" Robin Sharma, via facebook. Decorria o ano de 2014, difícil, muito difícil, estava a sentir a minha força anímica a cair a pique, fruto de alguns problemas de saúde a nível familiar, felizmente passageiros. Nesse verão decidi que era hora de reagir e aprofundar o conhecimento do trabalho de RS foi uma ajuda importante. Por um lado, porque contactei alguns conceitos que partilhava naturalmente e estavam adormecidos; por outro, foi uma fonte de motivação e orientação que chegou na hora certa. Esta introdução a propósito de quê?

A propósito de uma reflexão desta manhã. Só agora começo a sentir verdadeiramente interiorizados alguns conceitos que estive a trabalhar neste período, o que nos dá clareza de ideias. O que está cada vez mais claro é a estrutura, os passos a seguir.

O início começa por sabermos o que queremos. Necessitamos articular a nossa visão de uma forma límpida e cristalina. O que queremos para a nossa vida, para a próxima década, para o ano em curso, etc...

Depois, é necessário acreditar que é possível concretizar essa visão. Nós temos muitas prisões internas, uma natureza avessa à mudança e viciada na zona de conforto. Fazer com que o nosso subconsciente acredite é um trabalho desafiante.

Segue-se fazer o plano. O que vou fazer para concretizar? Depois de sabermos o que queremos e interiorizarmos, estes "como" vão aparecer, porque o nosso cérebro já está focado.

Depois, ação, ação, ação...

Isto parece básico e simples, mas sedimentar estes conceitos e alinhar a ação do nosso interior é bem mais complicado do que parece. Finalmente começo a sentir-me a mover em bloco para os objetivos, o que é um grande avanço.

07
Mar16

Daily journal - 07/03/2016

Vida de sonho

Arranca nova semana, mais 5 dias úteis para levar a vida para a frente. O grande ponto é: que vou fazer esta semana para me aproximar dos meus objetivos, dos meus sonhos?

Ter sonhos e traçar objetivos é muito simpático e sem isso não se avança, mas é a execução que os torna realidade. Nesta semana há 3 tópicos fundamentais: no lado paternal, temos semana de testes, portanto, há que ajudar a descendência; em termos profissionais, necessito assegurar um avanço importante na informação mensal e tratar das avaliações de desenvolvimento das equipas. É um momento importante do ano.

Entretanto, a independência financeira persegue-me. Este meu sonho revela-se poderoso, o prémio é a minha liberdade. Liberdade de um vida de prisões e condicionantes materiais, para experimentar a vida na sua plenitude. Apreciar o planeta onde vivemos, as pessoas que o habitam, todas as formas de vida que o compõem e trabalhar a espiritualidade numa busca da minha essência, o meu lugar no mundo e a harmonia com tudo o que me rodeia. Para isso, é preciso fazer um plano e executá-lo, não estar à espera que por ter um plano e boas ideias as coisas mudem. Muito menos esperar que alguém o faça por nós. Se queremos algo, as nossas energias, o nosso foco, o nosso ser, têm que estar alinhados e orientados nesse sentido. Só assim teremos força e determinação para lutar contra todos os obstáculos que aparecerão. Que, sem dúvida, aparecerão...

04
Mar16

Daily journal - 04/03/2016

Vida de sonho

Hoje o dia começou muito bem, com exercício intenso mas descontraído, planeamento e a preparação para o dia de forma serena.

Nestes dias, o meu lado espiritual está mais presente no meu consciente. Há uma frase de Wayne Dryer que nunca mais me esqueci, onde diz que o nosso best self apenas quer paz. A verdade é que grandes momentos que passei, grandes e intensas recordações que tenho estão associadas a essa sensação de paz, de tranquilidade, de tudo estar bem. Sou, na verdade, um felizardo, porque essas sensações iniciaram desde cedo, em casa dos meus pais. Havia esse reduto onde tudo batia certo, onde havia amor e dedicação, apoio e harmonia. Penso que o ambiente em que cresci me permitiu ficar sempre ligado a essa sensação e enquanto adulto continuei sempre à procura dela, de forma mais ou menos consciente. Agora cada vez mais consciente.

Para este ano, o trabalho na minha espiritualidade é uma prioridade e já começa a dar frutos. A minha prática de meditação regular alimenta esta sensação de paz e tranquilidade, estas reflexões reforçam o meu autoconhecimento e ajudam a despertar para o consciente aspetos da minha essência. Para continuar...

A minha visão da vida está a mudar e ainda bem...

03
Mar16

Daily journal - 03/03/2016

Vida de sonho

Hoje senti a temperatura exterior mais amena. É março, é de esperar que o tempo comece a aquecer um pouco, tenhamos mais horas de sol, a natureza revitalize e nos dê paisagens mais belas. É uma forma bem agradável de comerçar o dia, em harmonia com o mundo.

Ontem assisti a um webinar com Deepak Chopra sobre meditação. Foi muito interessante, porque deu para contactar com alguns fundamentos da meditação e, como iniciado, percebi a simplicidade associada. Vamos fechar os olhos, olhar para dentro e deixar o nosso interior manifestar-se. Não há meditação bem feita ou mal feita, há meditação. Fantástico. Além disso, temos uma série de benefícios para o nosso bem estar: stress, saúde, energia, etc... Muito bom, prática muito recomendável. A continuar...

Entretanto, novos pensamentos começam a cruzar a minha cabeça. De tempos a tempos voltamos a um ponto: reduzir horas de trabalho e aproveitar a vida. A verdade é que neste momento tenho condições para o fazer. Tenho perfeita consciência que se reforçar as minhas produtividade, concentração e eficácia, poderei acrescentar valor à organização e aliviar as horas de presença no local de trabalho. É para pensar, refletir e implementar. Até porque há valor a acrescentar à minha vida além do dinheiro e do trabalho.

02
Mar16

Daily journal - 02/03/2016

Vida de sonho

Por vezes, como hoje, inicio uma nova entrada a pensar sobre o que escrever. À partida não tenho um ponto específico, mas sei que depois de começar a escrita flui e o conteúdo aparece.

O mês de fevereiro proporcionou bastante reflexão sobre os meus investimentos na bolsa. O ano começou de forma horrível, mas consegui sair de algumas posições sem grande mossa, embora esteja negativo noutras. Por outro lado, li um livro muito interessante sobre o tema, que me deu novas ideias e perspetivas. O mais importante é que me forçou a refletir e o ponto principal é que se pretendo investir no mercado tenho que estar alinhado com o mercado. O PSI está bear, portanto, tenho que evitar posições longas de longo prazo; e o que investir deve ter uma visão curto prazo com prioridade principal de não perder dinheiro. Não há pior do que entrar em posições negativas, porque o esforço de recuperação é o dobro do esforço da queda. De 20 para 10 é uma perda de 50%, mas de 10 para 20 é um aumento de 100%. Estou a ajustar a minha abordagem, no sentido de me adaptar ao mercado cada vez melhor. Faz-me lembrar o conceito de Bruce Lee de ser como a água.

Outra adaptação, ainda em fase de experiência é a gestão de mails. Em conversa com um familiar, este transmitiu-me a sua técnica de gestão de mail, que adorei. E estou a experimentar. Um mail tem 3 destinos: ou se pode responder rápido e resolvemos na hora ou é mais complexo e transforma-se numa tarefa ou é só para conhecimento / informação e arquiva-se. Para já o efeito é excelente, porque limpa a caixa de entrada e o controlo é muito maior. Não ficam esquecidos e o tratamento é agendado. Estou a gostar.

E é assim, passo a passo, pequenas melhorias após pequenas melhorias, que vamos evoluindo e melhorando o nosso dia a dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D