Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vida de Sonho

Todos os dias temos uma decisão a tomar: o que vou fazer com a minha vida? Por aqui registo reflexões sobre essa guerra.



Sexta-feira, 29.04.16

Daily journal - 29/04/2016

Hoje, para contrariar os últimos tempos, vou escrever sobre as coisas boas desta semana.

Mudei o exercício físico e estou a gostar. O trabalho de tronco, com flexões e barra, é particularmente agradável, porque puxo bem pelos músculos e sinto o efeito. Ou seja, no final do exercício estou próximo do limite e nota-se o estímulo muscular no espelho. A combinação de pernas e glúteos não está tão potente, se calhar tenho que aumentar a carga. Por último, a sequência de abdominais parece-me adequada. Assim, estou a fazer um trabalho essencialmente com o peso do corpo, que espero contribua para os meus objetivos de forma positiva.

No trabalho adiantei alguns temas e reforcei o foco no meu trabalho essencial, portanto, foi uma semana interessante.

Para terminar em grande, jantar vínico hoje à noite, momento fundamental de convívio e investimento no meu hobbie.

Até lá, vamos fechar bem a semana, porque há que ganhar a vida no presente e prepararmo-nos para o futuro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:52

Quinta-feira, 28.04.16

Daily journal - 28/04/2016

Registo curto, após uma espreitadela mais demorada sobre as finanças. Estou a precisar de reagir a estas últimas semanas. As reflexões têm despertado algumas coisas desagradáveis e essa consciência, dia após dia, não deixa de ter algum impacto na disposição global.

Bom, altura para refletir, mas essencialmente criar planos de ação face às conclusões da reflexão. Vamos tomar medidas, reagir com ação, avançar!

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:50

Quarta-feira, 27.04.16

Daily journal - 27/04/2016

Esta semana estou a implementar uns ajustes no meu exercício físico. Fazia pesos quase todos os dias, mas treinava alguns grupos musculares apenas uma vez por semana. Agora estou a agrupar zonas do corpo e fazer tronco, pernas + glúteos e abdominais. Assim, já os trabalho duas vezes por semana e penso que terá mais impacto.

A fase turbulenta continua, ainda com alguma confusão, mas vai clarificando aos poucos. Ontem foi dia de estudar matemática, saí mais cedo do trabalho e sem qualquer problema interior. Preciso trabalhar melhor a distinção entre áreas, prioridades e planos de ação. O trabalho é importante e aqui continua o cerne da questão. Sempre alimentei a ideia do sucesso profissional, reconhecimento externo (ego) e proporcionar uma vida confortável à família. Agora, começo a ver as coisas de forma diferente. O trabalho será a forma como ocupo os meus dias: o que quero fazer, desenvolver, aprofundar. Isto está muito indefinido, portanto, necessito manter o meu foco no que faço atualmente, melhorar a minha performance para enfrentar novos desafios com a mentalidade e capacidades que considero adequadas.

O caminho é longo, paciência precisa-se, mas só se avança caminhando. Neste caso, pelo nosso próprio pé. Apenas nós podemos construir a nossa vida de sonho.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:32

Terça-feira, 26.04.16

Daily journal - 26/04/2016

Um dia de férias e fim de semana prolongado devido ao 25 abril. Revolução dos Cravos, que nos libertou de um regime ditatorial e nos devolveu liberdade de expressão, associação, voto, etc...

Este 2016 está a ser um ano de emoções fortes. Estou a aprofundar o caminho do auto conhecimento e, com isso, a passar por algumas dores, fruto de confusão, desilusão, desorientação, mas também enfrentar as coisas de frente e refletir sobre elas. Nestes últimos dias estou a sentir alguma quebra emocional. E tem sido difícil gerir esta sensação de potencial adormecido, excesso de ego que levou a imobilismo, à espera que as coisas acontecessem em vez de as fazer acontecer. Enfim, uma ilusória e indefinida sensação de humildade que mais não era do que um truque do ego, porque tudo se passava ao nível do racional e não do interior.

Sim, é necessário, crítico, continuar este caminho, mas nunca esquecer o que já percorri, sob o risco de estas sensações negativas se tornarem demasiado fortes. A evolução, nos últimos tempos, foi muito importante e áreas essenciais tiveram avanços para celebrar. Não posso esquecer, sob o risco de desperdiçar o que já evoluí.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:49

Quinta-feira, 21.04.16

Daily journal - 21/04/2016

Hoje é dia de reunir com o novo chefe. Já o conheço, tenho opinião positiva, não espero grandes surpresas, embora nunca tenha trabalhado diretamente com ele. Há condições para que tudo corra bem.

O trabalho está em revolução, com uma nova estrutura da empresa a impactar com as tarefas de informação de gestão. Há que manter o norte e não deixar que a turbulência nos afaste do rumo. O meu objetivo principal para 2016 é melhorar a minha performance. O meu percurso é evoluir para o profissional que sempre quis ser, para abrir-me ao mercado de trabalho com confinaça acrescida que serei uma mais valia para quem me contratar. Não me posso esquecer disso, sem deixar de servir a empresa. Não gosto de ingratidão e uma empresa que investiu em mim e me deu oportunidades para crescer merece o meu melhor contributo.

Ontem foi dia de mais uma lição de humildade. Nós não somos o que pensamos que somos, ou seja, a imagem que o nosso ego cria. No aspeto profissional, nós somos o nosso contributo, o valor que acrescentamos à empresa (porque trabalho por conta de outrém). E o que o nosso ego fabrica não corresponde necessariamente ao que a organização pensa. Como diz o meu amigo Robin Sharma: we don't see the world as it is, we see it as we are.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:26

Quarta-feira, 20.04.16

Daily journal - 20/04/2016

Acabei de ler uma pequena notícia sobre um discurso de Fidel Castro aos 90 anos, em que manifesta a sua preocupação com o poder destrutivo do armamento moderno, a fome em África e o planeta que deixamos para as gerações futuras. Aos poucos, o meu lado materialista está a cair e o lado ambientalista mais forte. Esgotamos os recursos do planeta, convivemos com milhões e milhões de pessoas em situação de pobreza, fome, doenças por tratar, etc... e oferecemos às gerações futuras um planeta pior do que o que recebemos.

A nossa civilização Ocidental está demasiado materialista, esbanja abundância e falta-lhe trabalho espitirual. Estou em mudança interior, este trabalho espiritual que estou a fazer está a mexer muito comigo e ideias de frugalidade, ecologia, sustentabilidade, etc... estão a crescer e crescer. Onde me levará não sei, mas será para melhor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:49

Terça-feira, 19.04.16

Daily journal - 19/04/2016

O processo continua, passo a passo, dia após dia, semana após semana, reflexão após reflexão. Nestas últimas semanas, turbulentas do ponto de vista emocional, avancei no meu autoconhecimento. E num ponto difícil, mas importante: "assumi" alguns aspetos difíceis, fundamental para dar os próximos passos. Reconhecer o nível de empenho, reforçar a humildade de ser apenas mais uma pessoa no mundo, contactar com alguns dos meus instintos e perceber alguns traços da minha personalidade. Por exemplo, sou mais diplomata do que competidor; mais inclinado para consensos do que comparações; mais pensante, analítico, do que executante.

Enfim, vamos percorrendo este caminho numa fase turbulenta. Foi a minha escolha e acredito que me levará para algo melhor, para um alinhamento com a minha essência e o estado de paz, tranquilidade e liberdade a que aspiro. Este estado passa principalmente pelo lado emocional e espiritual, mas também pelo material.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:38

Segunda-feira, 18.04.16

Daily journal - 18/04/2016

Nova semana de trabalho a começar depois de um fim de semana atípico. Muito social, um evento vínico pelo meio e uma chatice para terminar. É a vida...

Nas últimas entradas, o tema profissional tem sido mais focado, é a área onde preciso trabalhar mais. Ao mesmo tempo, o que quero da minha vida tem ocupado muito do meu pensamento. São temas eternos, para se refletir ao longo da nossa existência, garantem sempre tema para um registo do tipo diarístico como este. E se queremos construir uma vida de sonho necessitamos este enquadramento com o que queremos da nossa vida.

Nesta fase, a melhor formulação que encontro para o que quero da minha vida é liberdade. Liberdade emocional e espititual, aquela sensação de leveza e paz interior. Pelo lado material, a clássica formulação de poder fazer o que eu quero, quando quero, com quem quero, ou seja, saúde e independência financeira.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:46

Sexta-feira, 15.04.16

Daily journal - 15/04/2016

Depois de 3 noites com mais de 7 horas de sono, muita meditação e clarificação, hoje acordei com uma sensação diferente. Uma sensação mais realista de perceber a evolução dos últimos tempos, de recordar o peso do trabalho na globalidade da nossa vida e recordar os meus objetivos nucleares nessa área. De facto, os meus objetivos estratégicos no trabalho são melhorar a minha performance para me sentir confortável em abordar o mercado de trabalho com confiança. Se, atualmente, não acredito em grandes evoluções ao mais alto nível, nada impede que tal aconteça noutras organizações. Tenho que me focar no meu percurso, nos meus objetivos, que, ao mesmo tempo, contribuem de forma muito positiva para a organização.

Também hoje acordei a pensar que este esforço espiritual é importante, mas algo doloroso. Esta perceção do tempo perdido no passado, desperdiçado, é dolorosa. Mas ao mesmo tempo sei que tenho tempo, temos sempre tempo para mudar e melhorar. Apenas necessitamos de estar alinhados: corpo, mente e espírito.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:40

Quinta-feira, 14.04.16

Daily journal - 14/04/2016

Ontem foi dia de evento da empresa. Comunicação do plano de médio/longo prazo, com alterações. Tive uma mudança de Direção, que acaba por ter pouco impacto no dia a dia.

O mais importante é refletir na minha reação. Mexe muito connosco quando a nossa mindset é abalada, quando as referências com que nos guiamos se alteram, quando os pontos cardeais mudam. Tive uma sensação negativa sobre isto, mas irreal. Verificar estas mudanças e estar de fora é algo que me causa dor. Mas as mudanças apresentadas estavam no plano macro e sei que não intervenho nesse plano, portanto, não se justifica. Agora, o que tenho que assumir perante mim próprio é que o meu ego construiu imagens de carreira profissional que o meu interior não acompanhou. E percebo, cada vez melhor, que por excesso de ego. Este excesso de ego, que esperava que as coisas caíssem do céu, levou a um défice de ação, empenho, foco e espírito de luta. O ego via-se de forma irreal e aspirava a algo além das suas ações.

Este ano perspetiva-se como de mudança. Na verdade, o regresso à espiritualidade, à procura da essência, é fundamental para criar os fundamentos para um resto de vida feliz, em harmonia. E, sem dúvida, a parte profissional é onde mais tenho que trabalhar. É onde os desequilíbrios interiores são mais profundos. O caminho é longo, mas faz-se caminhando, passo a passo, dia após dia, até chegarmos ao destino.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:55

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Abril 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.