Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vida de Sonho

Todos os dias temos uma decisão a tomar: o que vou fazer com a minha vida? Por aqui registo reflexões sobre essa guerra.



Sexta-feira, 31.03.17

Daily journal - 31/03/2017

Início de dia enferrujado. Há horas de sono a fazer falta e no fecho da semana isso sente-se com mais intensidade. Cabeça um pouco pesada e as pernas mais presas, hoje tudo está a funcionar mais devagar.

Enfim, há dias para tudo, até para funcionar em rotações baixas. É a vida...

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:49

Quinta-feira, 30.03.17

Daily journal - 30/03/2017

Estou a conseguir implementar a ideia de reforçar a produtividade e sair mais cedo. Foco, foco, foco nas horas úteis de trabalho. Nestes dias tenho concluído o que me proponho fazer e saio com o sentimento de dever cumprido. Agora falta o mais desafiante: manter este processo, ou seja, consistência.

Já dizia Robin Sharma: consistency is the mother of mastery.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:54

Quarta-feira, 29.03.17

Daily journal - 29/03/2017

Dia de ajudar alguém... Vivemos sempre à beira do abismo, de um momento para o outro tudo muda, tanto para melhor, como para pior.

Família de 4 e uma das crianças tem leucemia... Resultado, tratamentos atrás de tratamentos, mãe perde o emprego, pai com rendimentos baixos, dificuldades. Como se não chegasse uma doença grave, as consequências geram um efeito bola de neve, uma espiral negativa.

Como é possível o ego ser feliz? A vida é muito do que o ego não quer, tem medo: mudança permanente, incerteza, falta de controlo. Só uma percentagem muito reduzida das pessoas que vivem identificadas com o ego pode ser feliz, o que implica ter a possibilidade de satisfazer todos os seus caprichos e ficar imune às tempestades inevitáveis da vida. Há, no entanto, uma percentagem que consegue ser feliz: as pessoas que conseguem estar satisfeitas com o que têm e aceitam o que a vida oferece (o bom e o mau).

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:43

Terça-feira, 28.03.17

Daily journal - 28/03/2017

O dia começou com reflexões potentes. À volta do amor e da paixão, logo, só podia ser potente. Os pensamentos borbulharam, mas talvez aqui os consiga expressar de forma organizada. Organizar os pensamentos erráticos da mente é uma das grandes vantagens de um diário.

O que é amor? Para percebermos o amor devemos pensar no criador, eu chamo-lhe Tao, mas há quem chame Deus, Alá, Krishna ou Braman. O Tao libertou a energia que originou o universo e o que fez a seguir? Nada, absolutamente nada... Permite que a sua criação siga o seu próprio caminho. Não tenta controlar ou dirigir; não julga ou opina sobre o que acontece; não pretende impor uma vontade. Apenas deu vida e permite que as coisas aconteçam. Isto é amor, onde se respeita, permite, partilha e dá. É uma visão virada para o bem exterior e não para desejos próprios. Neste sentido, amor e ego são simplesmente incompatíveis. Neste sentido, a presença do amor é rara, muito rara. Neste sentido, a linguagem comum chama amor à paixão e tudo se confunde.

Há dois sentimentos muito próximos do amor: respeito e amizade. O respeito implica uma aceitação do outro, das suas atitudes, pensamentos, sentimentos e ideias, logo aí temos a suspensão do julgamento e da opinião, o que tira o ego do caminho e permite uma aproximação ao amor.

A partir do respeito pode nascer a amizade, onde uma empatia especial aparece. Na amizade desejamos o bem do outro de uma forma desinteressada. Mais uma vez há a suspensão do ego, dos nossos próprios desejos e opiniões pelo bem do outro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:34

Segunda-feira, 27.03.17

Daily journal - 27/03/2017

Início da última semana de março, em que planeei uns ajustes no trabalho. Nada de especial, mas com impacto.

É hora de trabalhar a produtividade e evitar demasiadas horas no escritório. Horas a mais é vida desperdiçada, portanto, altura de disciplinar horário matinal e continuar a melhorar as horas de permanência no escritório. Hoje, no período de planeamento, vou dedicar tempo a isto, mas o que tenho que fazer não é diferente de qualquer outra pessoa. Essencialmente, organizar tarefas não profissionais num período específico do dia; avaliar e controlar distrações; e lidar com o meu principal travão: procrastinação.

Isto não é nada fácil, mas está tudo nas minhas mãos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 10:03

Sexta-feira, 24.03.17

Daily journal - 24/03/2017

Noite curta após mais um belo jantar, mas não estou muito mal em termos de sono. Se calhar depois de almoço vai ser pior...

O exercício que iniciei ontem é bastante importante e pode dar boas pistas para o futuro. O que faço sem esforço? Há momentos estava a pensar como ter um blog coloca o nosso ego em ação, conforme aparecem visitas. Há tendência para pensar para o exterior, escrever para os outros, o que pode ferir a intenção inicial. A acontecer isso, deixa-se de escrever de forma espontânea e passamos a escrever o que achamos que os outros querem ler. Deixa de ser um exercício sem esforço.

Sejamos nós próprios e o que tiver que acontecer acontecerá.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 10:09

Quinta-feira, 23.03.17

Daily journal - 23/03/2017

Hoje é uma das melhores quintas-feiras do mês: jantar vínico. Reunião mensal de enófilos convictos, à volta de uma mesa recheada de comida e bons vinhos. Momentos como estes dão mais brilho aos nossos dias. E é difícil pensar em mais do que nisso, por hoje.

Claro que até ao jantar a vida continua. Há que trabalhar, cumprir com as nossas obrigações, fazer a nossa parte para que tudo decorra como tem que ser.

Hoje voltei a pensar sobre o conceito de não ação do Tao Te Ching. As coisas acontecem naturalmente, sem forçar. E volto constantemente a mim, porque faço várias coisas com esforço, quando devia focar-me no que faço sem esforço.

E o que faço sem esforço? Levantar cedo e fazer o meu exercício, cuidar da minha alimentação, fazer o pequeno almoço e lanches da família, tratar do jantar, estudar sobre alimentação, falar com as pessoas sobre desenvolvimento pessoal, ajudar a descendência nos estudos, ter uma palavra de incentivo, preparar jantares do 4 HM, planear harmonizações vinho/comida, escolher vinhos, ser grato para quem me ajuda, respeitar as opiniões e as escolhas das pessoas. Bom exercício, tenho que continuar esta listagem...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:45

Quarta-feira, 22.03.17

Daily journal - 22/03/2017

Quando desviamos do standard, realmente, há reações à nossa volta. No meu caso, a situação atual é alimentação. Dado o histórico familiar de diabetes, mas também porque quero eliminar gordura corporal acumulada, estou numa fase de diminuição acentuada do consumo de hidratos de carbono. Claro que isto abana com as convicções instaladas, o que gera desconforto, estranheza, logo, reações. E como toda a gente tem opinião sobre tudo, lá temos que nos munir de paciência para os comentários.

Mas pronto, o caminho está traçado e é para continuar. Com as minhas gorduras ditas saudáveis, a proteína, raízes e os vegetais vamos continuar o caminho de prevenção de diabetes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:46

Terça-feira, 21.03.17

Daily journal - 21/03/2017

E a vida continua. Os dias sucedem-se com as suas flutuações, uns melhores, outros piores, mas a vida continua. Felizmente ainda estou aqui para a experienciar, para admirar a genial criação do Tao que é o universo, em particular este planeta Terra.

Hoje refletia acerca de uma citação do Tao: It is heaven's way to conquer without striving. Na natureza tudo acontece naturalmente, as sementes tornam-se plantas, os animais crescem, a água desliza pela solo, chove, neva, as ondas do mar encostam na areia da praia, etc... Tudo acontece sem forçar, no tempo certo, no seu momento. Mas quando um animal está caçar, dá o seu melhor; quando as nuvens estão muito carregadas, a chuva é intensa; quando a diferença de pressão é elevada, o vento é forte; quando há um terramoto a devastação é grande. O que acontece, acontece como tem que acontecer. Existe empenho, entrega no que está acontecer.

Na nossa vida, seguir o fluxo não significa imobilidade, apatia. Apenas se dispensa forçar, focar em excesso em objetivos futuros incertos. Vamos focar no que está a acontecer agora e dar o nosso melhor no que temos que fazer neste momento. Se for momento de relaxar, então relaxemos; se for momento de trabalhar, trabalhemos com empenho; se for momento de conviver, convivamos de forma plena.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:39

Sexta-feira, 17.03.17

Daily journal - 17/03/2017

Hoje, as reflexões matinais rondaram a insaciabilidade do ego e a forma como a fonte inesgotável de desejos e insatisfação nos torna seus prisioneiros, num ciclo vicioso que leva a um estado permanente de infelicidade.

Se somos prisioneiros do ego, não somos nós próprios a maior parte do tempo das nossas vidas. E o que fazemos, então? Colocamos em ação o nosso eu condicionado, fruto da educação e das experiências que tivemos ao longo da vida. Sendo assim, todos somos atores.

É verdade, passamos a vida a representar papéis. Começamos pelo papel de filhos, depois temos o papel de estudante, o papel de namorado(a)/cônjuge, profissional, pai/mãe, etc... OK, mas quando estamos sozinhos não desempenhamos qualquer papel. Pois não, quando estamos sozinhos a nossa mente dispara pensamentos, reflexões, que reforçam o ego. Esse fluxo de pensamentos permanente é a nossa personalidade (ego) a alimentar-se, a reforçar o seu conteúdo. Podemos não estar sempre a desempenhar papéis, mas estamos sempre sob o controlo do ego.

Muito poucas vezes somos nós.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:46

Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.