Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de Sonho

Todos os dias temos uma decisão a tomar: o que vou fazer com a minha vida? Por aqui registo reflexões sobre essa guerra.

Vida de Sonho

11
Abr17

Daily journal - 11/04/2017

Vida de sonho

Hoje as reflexões voltaram ao ser humano enquanto parte do planeta e não dono do planeta. Algures no longo processo de evolução, os seres humanos adquiriram a capacidade de pensar, o ego despertou. Se inicialmente terá continuado a interagir no planeta de forma integrada e harmoniosa, a sedentarização marcou o início da utilização dos recursos do planeta para uso próprio além da sobrevivência. A evolução colocou a humanidade a tratar a Terra como sua propriedade. Pouco a pouco, estamos destruir o planeta, o habitat que nos criou e onde vivemos.

Se nós próprios removemos do nosso corpo o que nos faz mal, o que deveria fazer a terra com os seres humanos?

10
Abr17

Daily journal - 10/04/2017

Vida de sonho

Entramos em semana curta, fruto das festividades católicas da Páscoa. Ontem foi dia de cumprir os rituais de domingo de ramos, com as madrinhas mais sorridentes a receber os seus ramos, vasos e derivados. Foi um dia intenso, sem grandes pausas, em que, coincidência ou não, só queria sossego.

Aos poucos, a evolução decorre como esperado. O mergulho no interior e o foco nas coisas essenciais da nossa vida fazem com que nos sintamos realmente bem em poucas circunstâncias. No meu caso, algum tempo sozinho a consolidar o ser é cada vez mais importante. Isso torna mais difícil passar dias agitados e quase completamente sociais, como ontem. Falta algo, o meu interior pede o seu tempo e o meu interior está cada vez mais forte...

07
Abr17

Daily journal - 07/04/2017

Vida de sonho

Nos últimos dias, algo muito interessante tem preenchido parte dos meus pensamentos. Começo a conseguir definir melhor o meu ego. O facto de fazer escolhas e direcionar a nossa vida no sentido que mais valorizamos clarifica o conteúdo do nosso ego e o caminho a seguir. Em termos práticos, o que significa?

Pilares: família, desenvolvimento pessoal, espiritualidade (autoconhecimento), paz interior, exercício físico (matinal) e alimentação (inspiração Paleo). Hobbies: vinho. Valores: respeito, amor. Projetos: aprofundar espiritualidade, independência financeira. Parece simples, não parece? Mas não é, são anos de trabalho no auto conhecimento, olhar para dentro, até chegarmos a estas conclusões que estão connosco independentemente do que se passa à nossa volta. Não é fácil isolarmo-nos dos milhentos estímulos exteriores, do modelo social em que somos formatados e definir de forma clara o que somos e para onde vamos.

06
Abr17

Daily journal - 06/04/2017

Vida de sonho

Ontem foi um dia muito interessante. Partilhei com algumas pessoas a ideia de todos sermos atores e desempenharmos papéis. Foi deveras estimulante a interação que resultou, porque há sensibilidades muito diferentes à área do auto conhecimento, as pessoas situam-se em "patamares" diferentes de identificação com o ego.

A verdade é que estamos praticamente todos identificado com o ego. Seres iluminados são raros, embora existam muitas pessoas espirituais, que não deixam de estar identificadas com um ego que desenvolve práticas e reflexões espirituais (como eu...).

Poderemos ter maior ou menor desejo de liberdade, mas o preço começa a ficar claro para mim. Estamos dispostos a nos livrar de nós para essa liberdade?

05
Abr17

Experiência espiritual - 05/04/2017

Vida de sonho

As entradas específicas sobre espiritualidade estão a diminuir em frequência. Bom sinal. É uma consequência da integração mais profunda dessa área na minha vida egóica. É cada vez menos um capítulo da vida e cada vez mais parte dessa vida. O contributo positivo é difícil de exprimir.

E por que motivo, então, volto a fazer uma entrada dedicada ao lado espiritual? Reflexões. À medida que compreendo melhor o funcionamento do ego, mais observo, à minha volta, como as pessoas vivem condicionadas por ele. Nem tudo é mau, porque há pessoas que condicionaram a sua personalidade de uma forma que as faz felizes, tranquilas, satisfeitas. Infelizmente são poucas...

Ao pensar em ego, vou sempre parar aos papéis que desempenhamos. Desde que nascemos começamos a ser condicionados pelos nossos familiares, com a educação, transmissão de ideias e valores, tradições etc... Assim, aprendemos como devemos falar, comportar, pensar. Após essa aprendizagem estar bem consolidada passa a acontecer de forma automática, integra o que pensamos ser a nossa personalidade, a nossa "maneira de ser". Mas não é nossa, é a formatação social automatizada. Basta referir que se tivéssemos nascido noutra família seríamos diferentes.

E o que é que isto tem de espiritual? Para sabermos quem somos necessitamos ir para além do ego, ou seja, estender a passadeira ao nosso verdeiro eu, o espírito.

04
Abr17

Daily journal - 04/04/2017

Vida de sonho

Ainda às turras com a questão alimentar e o desvio da norma. O percurso é de aperfeiçoamento, tratar bem do nosso corpo, e as reações são de preocupação com a nossa saúde. É curioso. Também é muito curioso ver que vivemos numa parte do mundo em que problemas de obesidade, diabetes e cardíacos são cada vez maiores, mas não conseguimos acreditar que o padrão alimentar não está correto. Os resultados são o que são, mas insistimos na mesma receita. A nossa aversão à mudança é tal, que até mudar para melhor tem que vencer alguma resistência interior.

Pois, agora devia trabalhar o que escrevi na última frase. Não sou nada imune a isso em algumas áreas da vida, áreas em que se justificaria fazer mudanças...

03
Abr17

Daily journal - 03/04/2017

Vida de sonho

O primeiro trimestre de 2017 terminou. E como foi?

O período de evoluções rápidas e mudanças importantes já terminou. Agora percorro o caminho traçado e faço pequenos ajustes. Se tivesse que destacar algo no primeiro trimestre seria mais um avanço na alimentação, com o reforço da componente paleo/low carb, quer por motivos de saúde, quer por motivos de fitness. No lado da saúde; porque estou ligado a uma família de diabéticos, logo, necessito prevenir caso não me queira juntar aos doentes crónicos. Do lado fitness, apenas uma questão de seca de gordura corporal e definição muscular. Mas vejo-me numa trajetória de longo prazo na procura de uma alimentação saudável, mais do que na preocupação do fitness (embora esteja bem presente).

Iniciei a escrita do meu percurso nos últimos anos, sob a forma de um relato. Algo para fazer devagar, mas que surgiu da necessidade de organizar ideias, já que as áreas de desenvolvimento pessoal e espiritualidade estão muito misturadas na minha cabeça. Por outro lado, pode vir a ser útil para outras pessoas.

A gestão financeira também tem evoluído muito bem. Os custos estão ajustados aos rendimentos, portanto, temos equilíbrio. Isso significa alguma poupança, importante para a formação da descendência e prevenção de alguma contrariedade.

Pág. 2/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D