Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vida de Sonho

A nossa vida de sonho constrói-se, aqui temos simplesmente algo próximo de um diário.



Sexta-feira, 30.06.17

Daily journal - 30/06/2017

Mais uma etapa à porta. Inicio amanhã o nível 3 do curso de vinhos. Vai ser duro, é muita informação, com muitos detalhes, mas tem que ser se quero aprender sobre o tema. A preparação foi interessante, dediquei bastantes horas ao estudo e espero que esta fase de sala de aula seja a consolidação deste trabalho preparatório. Não sei muito bem o que o eventual sucesso neste exame pode representar, mas tudo é possível. Tenho conhecimento e capacidades alargadas que poderão revelar-se úteis no futuro. Para já, vamos usufruir de uns dias dedicados ao meu hobby.

Hoje há que limpar temas no trabalho, porque terei uns dias de férias e não faltam temas para tratar. Preciso de descansar um bocado, ando a puxar pelo corpo e pela mente sem sono reparador em proporção. Vamos ver se a partir do dia 8/7 consigo fazer um pequeno ajuste nesse aspeto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:49

Quinta-feira, 29.06.17

Daily journal - 29/06/2017

Nestes últimos 2 dias tenho pensado neste período de mudança como um processo. Quando decidimos mudar algo, a nossa mente espera uma transformação imediata, espera que o objetivo final seja atingido rapidamente. É tudo para ontem, porque ela própria já está a trabalhar no próximo objetivo.

A verdade é que isso não é realista, especialmente quando fazemos mudanças aos 30 ou 40 anos. Não podemos esperar mudar em meses o que foi construído, alimentado, reforçado durante décadas. Isto aplica-se à nossa forma física, aos nossos pensamentos, hábitos, sentimentos, etc... A pessoa que vemos em frente ao espelho resulta de um processo de anos, portanto, precisamos de anos para que os ajustes que queremos fazer se tornem realidade.

É cada vez claro no meu intelecto que devemos definir o que queremos da forma mais clara possível; depois, determinar como o vamos fazer e, então, iniciar o processo de implementação. O ponto mais importante deste processo de implementação é que seja possível e sustentável. Não vamos fazer mudanças radicais imediatas, vamos antes fazer pequenas mudanças que sejam fáceis para nós e repeti-las até se automatizarem. Nessa altura, podemos avançar para outras pequenas mudanças. A certa altura estaremos com as alterações feitas e interiorizadas. É o período em que já temos resultados e em que devemos acompanhar, deixar o processo continuar e entregar ao tempo a responsabilidade de tornar os nossos objetivos realidade.

Só temos que nos colocar no caminho e segui-lo. Se continuarmos a percorrê-lo havemos de chegar ao destino, não é preciso ter pressa. Devagar se vai ao longe.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:47

Quarta-feira, 28.06.17

Daily journal - 28/06/2017

Passo a passo, os temas que enchem a agenda vão ficando para trás. Claro que aparecem novos, mas este junho intenso está a terminar. E passou bem. Há coisas para fazer, faz-se. Depois de concluídas passamos para outras. É assim a vida, uma sequência de acontecimentos que enriquecem a existência. Somos perfeitamente capazes de lidar com os desafios da vida; o segredo, o verdadeiro segredo, é dispensarmos a necessidade de controlo sobre os acontecimentos e libertarmo-nos do desejo de que tudo aconteça de acordo com a nossa vontade.

Estes 2 aspetos do funcionamento do ego são fontes de sofrimento ou, pelo menos, desagrado com a vida. O mundo não existe para concretizar as nossas vontades. Basta pensar que as outras pessoas também têm vontades e os mesmos direitos que nós. Gera-se, então, um potencial conflito de interesses entre as pessoas, o que não contribui muito para as harmonia e paz no nosso dia a dia. Sejamos honestos, o nosso ego inunda-nos de desejos, análises e julgamentos que pretende sejam correspondidos e confirmados. Somos prisioneiros da mente e da sua atividade permanente. Quando a realidade corresponde aos seus desejos, está tudo OK e passamos para o próximo; quando tal não acontece, a fragilidade do ego revela-se com dor, autocrítica e pensamentos autodepreciativos.

Tudo existe e funciona movido por algo transcendente às nossas frágeis pessoas. Saibamos reconhecer que o nosso ego é um grão de areia no universo, o privilégio por esta oportunidade de experienciar a vida e sejamos dignos desse mesmo privilégio. Como? Usufruindo deste parque de diversões chamado planeta terra.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 10:01

Terça-feira, 27.06.17

Daily journal - 27/06/2017

Hoje estou com a companhia de Robin Sharma. Tem feito umas masterclasses via facebook live e estão disponíveis. É uma série sobre mindset, heartset, healthset e soulset. As ideias de Robin Sharma foram uma grande ajuda há uns anos atrás e ainda hoje as utilizo. Claro que a evolução levou-me ao campo da espiritualidade, mas não esqueço o caminho que me levou lá.

As coisas no trabalho estão a apertar. O início de julho está a ficar bem preenchido, ao mesmo tempo que tenho uns dias de férias para o curso de vinhos. Durinho.

Ontem, foi dia de festa de família, com um aniversário. Família grande, muita gente junta. É muito agradável, mesmo muito agradável.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:38

Segunda-feira, 26.06.17

Daily journal - 26/06/2017

Fim de semana recheado e agradável. Festa de S. João, festival Panda e um aniversário em família. Ainda deu para ter uma noite bem dormida.

Agora, altura de regressar à rotina do dia a dia. E a agenda cheia promete continuar durante mais 2 semanas. Agora vem o nível 3 do meu curso de vinhos. Exigente, muita informação sobre os vinhos do mundo. Aulas no próximo fim de semana e exame no seguinte. Altura de mergulhar de forma ainda mais profunda.

No trabalho também não faltam desafios. Período com alguns temas importantes e uma baixa prolongada na equipa a partir de 03/07. Reorganizar, mas também mais carga individual em período de férias. Arregaçar as mangas e por as mãos na massa é o que se precisa.

O importante é não bloquear. Por vezes, as coisas parecem estar para além da nossa capacidade, mas se pegarmos nos temas um a um com foco e determinação acaba por correr bem (o que está dentro do nosso controlo, claro...).

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:36

Sexta-feira, 23.06.17

Daily journal - 23/06/2017

Noite de sono mais curta após o jantar vínico mensal, mas energia em alta. Bem, pelo menos de manhã, vamos ver depois de almoço.

Coisas para fazer no trabalho, nada de anormal. Este mês recebi o subsídio de férias, o que é uma ajuda importante para equilibrar as contas. Esse equilíbrio faz-nos relaxar, descontrair, alivia as preocupações. Mesmo com todo o trabalho mental e espiritual, algumas coisas mexem comigo. A família, as suas necessidades emocionais e materiais são pontos muito sensíveis, tal como para a maioria das pessoas. Eu não necessito de nada, só quero paz e umas garrafas de uns bons vinhos para enriquecer as refeições do fim de semana. Mas, na verdade, a responsabilidade de sustentar um lar é algo muito forte. Consigo perceber que é um dos pontos que durante o meu crescimento mais alimentei, é um conceito com uma carga emocional muito forte, sem dúvida um dos principais componentes do ego. Ao mesmo tempo, também é um travão. É algo que me segura na situação atual, que me trava. E acontece em 2 níveis. Profissional e espiritual. O receio de mudar de trabalho, porque pode colocar e causa a estabilidade da família; e um ponto de identificação tão forte dificulta a evolução espiritual, porque tenho o ego com um suporte fortíssimo, não será fácil retirar carga energética a este aspeto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:46

Quinta-feira, 22.06.17

Daily journal - 22/06/2017

Início de dia turbulento, nem me apetecia escrever. Só que é nestes momentos que escrever ajuda. Li uma frase atribuída a Deepak Chopra em que dizia: se acha que não tem tempo para meditar uma vez por dia, precisa de meditar duas.

A opção é entre ceder à turbulência e andar tipo barata tonta ao sabor das emoções ou parar, normalizar dentro do possível e continuar de forma mais calma. Afinal, a vida continua.

No trabalho, em frente ao ecrã, regresso à rotina e à familiaridade. Como o nosso ego gosta disso. Como o deixa tranquilo.

Estas frases curtas são uma boa ajuda...

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 10:05

Quarta-feira, 21.06.17

Daily journal - 21/06/2017

Hoje inicia o verão. Gosto do verão, do calor, da praia, das roupas leves e frescas, da boa disposição das pessoas. É um período do ano muito agradável.

Ontem foi um dia interessante, com mais um mergulho nos meus estudos vínicos, mais umas noções espirituais reforçadas e a preparação do jantar de 5ª-feira em ótimo ritmo. Terminámos o dia a visitar uma amiga cujo filho luta contra um cancro. Tem apenas 3 anos, é quase um bébé. É muito duro.

No entanto, a vida continua. As coisas acontecem, boas e más, mas a vida continua. Sempre. The show must go on! O criador engendrou este palco para seu entretenimento, o que inclui comédias, romance, dramas e tragédias. Todos os aspetos são temperos do espetáculo que o criador encenou. Seja feita a sua vontade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:48

Terça-feira, 20.06.17

Daily journal - 20/06/2017

A semana não começou mal. Alguns temas despachados no trabalho e a nível pessoal dão uma sensação de leveza e maior descontração. O bom tempo ajuda, embora estejamos a sofrer via incêndio o lado trágico do calor.

A semana, no entanto, não está limpa. Agenda cheia, mas sem a carga das últimas. Hoje, visitar uma amiga; amanhã, sobrinho em casa para jantar; 5ª, jantar vínico mensal e 6ª, noite de S. João.

A escrita não está a sair com grande fluidez, portanto, vou aproveitar para fazer uma entrada mais curta. Saiu assim... Aliás, a mente é que está bastante agitada e sem grande foco na escrita.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 09:37

Segunda-feira, 19.06.17

Daily journal - 19/06/2017

Fim de semana com sentimentos mistos. Excelentes momentos em família, mas um dos incêndios mais mortíferos dos últimos anos (pelo menos) cria sentimentos de consternação e solidariedade profundas.

Nestas alturas, de novo somos conectados com a nossa mortalidade e o frágil fio que nos liga à vida. Estamos sempre à beira do abismo, nunca sabemos o que vai acontecer a seguir (para o bem e para o mal). Estes momentos são sempre fonte de grande e profunda reflexão. A tragédia está sempre ali ao lado, a qualquer momento também nos toca. Mas no nosso dia a dia também existe sofrimento e dor. Assim, para quê esta vida? Qual o objetivo da nossa existência? Como questionam os Budistas, para quê viver quando tudo é dor?

Pois bem. Para estas questões, apenas a espiritualidade apresenta respostas. E respostas concretas e objetivas obtemos do Hinduismo e dos seus textos sagrados. A criação existe para proporcionar experiências ao criador. Existimos enquanto ferramentas do criador para experienciar algo. O universo é um palco de teatro e o ser humano uma minúscula parte dele. A evolução originou esta forma que, a partir de certa altura, desenvolveu a capacidade de pensar. A partir daí, criou uma personalidade, a mente desenvolveu egos. Desligámo-nos, então, do criador e convencemo-nos de que este planeta é o nosso jardim. Mas somos uma parte deste planeta, somos criação tal como as árvores que arderam ontem, tão frágeis e mortais como a vegetação que desapareceu.

Volto sempre ao mesmo ponto. Perante esta fragilidade, que fazer com a nossa existência? Como ocupar os nossos dias?

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 10:01

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2017

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.