Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de Sonho

Todos os dias temos uma decisão a tomar: o que vou fazer com a minha vida? Por aqui registo reflexões sobre essa guerra.

Vida de Sonho

01
Out18

Revolução tecnológica e bem estar

Vida de sonho

Sábado passado foi noite de jantar de família. Decidiu-se, depois, dar um passeio a pé e estive à conversa com um familiar da área da informática. Falámos bastante de tecnologia e da influência crescente que se espera venha a ter na nossa sociedade com bastante rapidez. Deu-me alguns exemplos de como a tecnologia está a incorporar-se nos setores tradicionais, não como adereço extra, mas antes empresas tecnológicas a oferecer produto alternativo ao tradicional (do setor financeiro à construção civil).

Naturalmente, isto levantou algumas questões relevantes no meu lado mais filosófico. Esta evolução poderá ter impactos profundos na sociedade, a começar pelo mercado de trabalho, com diminuição brutal de postos de trabalho e necessidade de conhecimentos diferentes dos atuais. Mas a tecnologia também tem tudo para apresentar contributos importantes, por exemplo, na área da medicina e com isso estender ainda mais a esperança de vida da humanidade. Isto é um avanço na luta eterna do homem contra a morte, mas também levanta desafios aos sistemas de saúde, segurança social e sustentabilidade do planeta, já que não temos recursos suficientes para sustentar o esperado aumento exponencial da população.

A evolução esperada necessita, no entanto, de uma condição para ter sucesso. Corremos o risco de agravarmos situações de pobreza e exclusão, bem como das desigualdades na distribuição de riqueza. Na visão do capitalismo, é a vida, as pessoas têm que fazer pela vida, ir à luta, etc... Mas a verdade é que as sociedades ocidentais vivem níveis de infelicidade, doenças, suicídios e consumo de medicamentos psiquiátricos nunca vista, ao mesmo tempo que estão desenvolvidas como nunca. Assim, na minha opinião, o sucesso desta evolução não pode deixar de fora o bem estar das populações. Caso tenhamos muitas pessoas a não conseguir colocar comida na mesa, não nos iludamos, outros comunismos e fascismos aparecerão, revoluções vão acontecer.

A evolução tecnológica pode estar a ser pensada tomando o modelo capitalista e democrático como garantido. No entanto, se os níveis de pobreza e exclusão disparam por substituição do trabalho humano e incapacidade de obter rendimento por parte da população, estes pressupostos podem ser simplesmente eliminados. Todo o modelo pode ruir se o bem estar da população como um todo não for acautelado.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D