Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vida de Sonho

Todos os dias temos uma decisão a tomar: o que vou fazer com a minha vida? Por aqui registo reflexões sobre essa guerra.

Vida de Sonho

05
Jul18

Construir pela destruição

Vida de sonho

Olhei para o nome do blog e esbocei um sorriso: vida de sonho. Acredito que a maioria das pessoas associe a esta expressão um determinado tipo de lifestyle, sim esse que o ego e o capitalismo nos vendem. Este blogue foi criado na fase inicial de um período de mudança. Nessa fase estava a recuperar alguma iniciativa e bem estar, após anos "anestesiados" que estavam a levar-me pelo caminho errado. A ideia inicial era assumir a iniciativa de construir a vida que quero.

Mas isto é um processo e este processo levou-me a um ponto em que a ideia de vida de sonho é simplesmente ser eu próprio. No meu caso, ser eu próprio nada tem a ver com o lifestyle mais mainstream. A componente de autoconhecimento inerente a estes processos revelou pontos muito importantes. Sou um homem de família, porque tive a felicidade de crescer num lar excecional e alimentei essa imagem de cosntruir uma família e proporcionar ao meu filhos o lar que tive. Mas sendo este aspeto um dos mais importantes da minha vida, não deixa de ser uma ideia que alimentei ao longo do tempo. Quando penso no meu círculo interior, íntimo, em que só a pessoa existe, identifiquei com alguma clareza o que me faz sentir bem. Tempo para mim é crítico. É nesses momentos que posso mergulhar em meditação, reflexão ou dedicar-me aos meus hobbies. É nesses momentos que experiencio o que Mihaly Csikszentmihaly chamou de flow. É também muito importante cuidar de mim, seja do corpo (exercício, alimentação), seja da mente (que pensamentos e emoções experiencio), seja do espírito (meditação, autoconhecimento). Tudo isto me dá a única coisa de que precisamos: paz.

Assim, se no início a palavra de ordem era construir, atualmente concluí que a minha construção é a simplificação. Ironicamente, a minha construção é um processo de destruição do que não é importante. Estou a construir uma vida mais simples, com menos recheio (coisas, ocupações, etc...), para poder usufruir de momentos de calma e paz. O meu caminho não é acrescentar, mas sim diminuir.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D