Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vida de Sonho

Todos os dias temos uma decisão a tomar: o que vou fazer com a minha vida? Por aqui registo reflexões sobre essa guerra.

Vida de Sonho

31
Jan17

Experiência Espiritual - 31/01/2017

Vida de sonho

Uma das ideias mais fortes de 2016 foi a aceitação. No universo tudo acontece naturalmente, está regido por leis naturais que mantêm o equilíbrio e a existência do que nós observamos (e também do que está fora do nosso alcance). É um poder muito superior ao que nós, pobres e frágeis seres humanos num estado egóico, podemos aspirar. E tudo simplesmente acontece. Uma semente transforma-se em árvore, cereal ou planta; uma larva evolui para uma borboleta; a união de duas pessoas pode originar um novo ser; os planetas do sistema solar dançam à volta do sol com uma precisão difícil de acreditar.

Algo criou tudo o que experienciamos, toda esta magia, o milagre da vida. Tudo é regido de uma forma que nos transcende, tremendamente superior às nossas capacidades, no entanto, o nosso iludido ego pretende subjugar a existência à sua vontade. Se queremos dobrar leis com este poder com uma capacidade infintamente inferior, apenas podemos querer sofrer, acumular frustrações.

Assim, visto que o que acontece é determinado por algo que nos ultrapassa, naturalmente, só nos resta aceitar. E o que é aceitar? Aceitar é simplesmente não esperar que tudo aconteça de acordo com a nossa vontade. Tudo exceto o que está nas nossas mãos. Nós temos capacidade de atuar no mundo e um potencial enorme, mas vamos atuar no que está ao nosso alcance. A organização social, o comportamento das outras pessoas, as suas ideias e valores, o envelhecimento, a meteorologia, o trânsito, as estações do ano, as ideologias políticas, as religiões, etc... são exemplos de aspetos muito acima de nós. As coisas são como são e não como queremos que elas sejam.

A nossa enorme capacidade é no nosso dia a dia agirmos de acordo com o que entendemos correto. E essa ação não é limitada. Estamos num sistema em que tudo está interligado, os nossos atos influenciam quem está à nossa volta. O nosso exemplo pode ser seguido por outras pessoas e, realmente, originar mudanças. Mas isto não acontece se quisermos impor a nossa visão, as nossas opiniões. Acontece se aceitarmos o mundo como ele é e dermos o nosso melhor no âmbito da nossa área de influência, nós próprios.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D