Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vida de Sonho

Todos os dias temos uma decisão a tomar: o que vou fazer com a minha vida? Por aqui registo reflexões sobre essa guerra.

Vida de Sonho

30
Out18

O chip mental

Vida de sonho

As manhãs lá em casa são um case study. Eu levanto-me cedo, faço o meu exercício, preparo-me, trato dos pequenos almoços e lanches para o pessoal. O resto da malta começa a acordar tarde e devagarinho, toma o pequeno, olham para o relógio... e a correria começa. É um stress matinal. Mas isto não tem nada de case study, é mais do que comum!!

A questão é que os dias começam com stress, o pessoal queixa-se do stress, já saem de casa com algum desgaste emocional e a paciência em mínimos. Depois dispara-se para todo o lado, procura-se culpas e soluções nos outros. A solução é muito simples: levantar mais cedo. O aspeto de case study reside em 2 pontos:

Primeiro: se algo está a funcionar mal, a única forma de melhorar é alterar. Há uma frase muito disseminada que reza: fazer as mesmas coisas e esperar resultados diferentes é uma definição de insanidade.

Segundo: temos que tomar as rédeas, necessitamos olhar para o espelho e perguntar: o que consegues fazer para alterar as coisas? Não adianta esperar que as pessoas à nossa volta mudem para resolver o nosso problema. Começar por olhar para o que podemos fazer para mudar a situação é o caminho.

E isso aplica-se à condução da nossa própria vida. É fundamental que assumamos o controlo, o protagonismo, para que a nossa vida tome a direção que desejamos. Não é a culpar ou desejar que cônjuges, filhos, pais, chefes,  professores, organizações, o sistema de justiça, o sistema de saúde, o país ou a União Europeia mudem para a postura que nos resolveria a vida que resolvemos as coisas. É a tomar as rédeas e fazer o que depende de nós e o que está ao nosso alcance para melhorar. Às vezes é tão simples como levantar cedo, o difícil é mudar o chip mental que aponta sempre para os outros.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D