Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vida de Sonho

Todos os dias temos uma decisão a tomar: o que vou fazer com a minha vida? Por aqui registo reflexões sobre essa guerra.



Quinta-feira, 29.11.18

Semana dura

Semana dura no lado emocional. Um falecimento de um familiar  no início da semana e uma massa nos brônquios a finalizar (um amigo). Ainda faltam alguns passos para um diagnóstico, mas a ideia cancro aparece e a imaginação dispara, apresenta os mais variados cenários de futuro.

No meio disso tudo a vida continua, o tempo não pára, as responsabilidades têm que ser asseguradas. Há um comboio em andamento. Mas sempre as mesmas questões se levantam: o que é isto? O que fazemos aqui? Porquê este sofrimento? Vale a pena lutar, fazer o que se faz, quando o resultado final é o pó? Podemos racionalizar da forma que quisermos, mas somos a forma de vida mais avançada do planeta e, provavelmente, a que mais sofre.

Navegamos entre um incrível privilégio de viver e a experiência de dor e perda associada. Será possível um equilíbrio? Estará ao nosso alcance aceitar que o sofrimento faz parte da vida sem tal nos revoltar? Será possível usufruir dos momentos bons, sabendo que o menos bom está ao virar da esquina?

Como escrevi na página inicial do blogue, todos os dias temos uma decisão a tomar... 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Vida de sonho às 20:10


5 comentários

De Tudo Mesmo a 29.11.2018 às 20:37

Espere que venha os resultados antes de imaginar

De Vida de sonho a 29.11.2018 às 20:49

Pois é, está-se nessa fase a tentar que tudo se faça rápido para evitar cenários irrealistas. Alterei o texto a dizer que era de um amigo, pois dava a entender que era comigo (dói na mesma, mas é diferente, claro).

De P. P. a 29.11.2018 às 20:55

Aqui em casa, há 5 anos, o cancro bateu sem pedir autorização. De início a minha mãe e no ano seguinte, o meu pai, que não resistiu.
Há que saber viver cada dia como se fosse o último. Se é fácil ou se o sei fazer, não, não sei.
Muita força.

De Vida de sonho a 30.11.2018 às 08:57

Os meus sentimentos por essas perdas tão profundas. É a "praga" dos tempos atuais. A razão chega a essas conclusões sobre a nossa fragilidade, que nunca sabemos o que nos pode acontecer amanhã ou mais logo. Deveríamos aproveitar ao máximo enquanto cá estamos e viver cada dia como se fosse o último, mas somos mais emocionais do que racionais, portanto, os atos dificilmente seguem as ideias lógicas e sensatas do intelecto.

De soraia a 05.12.2018 às 19:03

Concordo que todos os dias são dias para tomar decisões!! Lamento a morte desse familiar e acredita que melhores dias virão,é preciso ter pensamento positivo!!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2018

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.