Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vida de Sonho

Todos os dias temos uma decisão a tomar: o que vou fazer com a minha vida? Por aqui registo reflexões sobre essa guerra.

Vida de Sonho

23
Ago18

Trabalhar para uma causa?

Vida de sonho

Depois de uma terça-feira pouco produtiva, quarta-feira foi um dia bem melhor no trabalho. Fiz uma limpeza à secretária, que está quase minimalista. Além do computador só tem um pequeno monte de papéis, muitos deles lixo. Ficou muito apresentável, já posso mostrar o meu local de trabalho à família. Falta apenas passar pelos restantes papéis e limpar a secretária. Vou ver se faço isso hoje: o que é lixo segue o seu destino, o que não for é guardado no armário. Na secretária apenas fica o que estiver a utilizar. Também tratei de uns temas de informação de gestão com impacto. O balanço do dia foi muito satisfatório. Estes dias são importantes, porque nos dão ânimo reforçado, no entanto, devem também inspirar uma reflexão muito importante. Por que motivo os dias não são todos assim?

No meu caso, a resposta é muito simples: o meu trabalho é uma mera fonte de rendimento. Na verdade, não estou a fazer algo de que goste especialmente, nem há uma visão, uma causa na qual esteja empenhado. Aliás, a própria organização não transpira uma causa, uma visão. Sinto que é uma grande empresa, onde as pessoas que dão o seu melhor o fazem por uma ética profissional interior ou projeto de carreira. É um ímpeto egóico que as move. Não quero incutir um juízo de valor nestas últimas frases; as coisas são o que são, não podemos ter uma causa ou uma visão mobilizadora em todas as organizações.

No meu caso, que não tenho ambições profissionais e apenas procuro dar um contributo válido para o meu empregador, talvez a integração numa organização com uma causa fosse a faísca necessária para patamares mais elevados de envolvimento e contributo profissional.

A escrita deste post abriu uma nova frente na minha visão do trabalho e um possível novo caminho na minha evolução profissional. Pode ter sido um momento muito importante, que só quando paramos para pensar e/ou escrever conseguimos.

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D